Tuesday, September 30, 2014

Friday, September 26, 2014

A secretária do bisavô..

Sentou-se na cadeira, observou tudo à sua volta, passou os olhos pelos jogos ainda meio indeciso, mas no final é sempre o pintar com os lápis que prevalece.

A mesa era a secretária do escritório humilde do bisavô Calado. Nestas gavetas, ele guardava os seus diários das inúmeras viagens e visitas que fazia para apoio pastoral, as suas listas intermináveis de assuntos e pessoas pelas quais orava. Levantava-se com o nascer do sol e lembro-me de acordar a ouvir este sussurrar a conversar com Deus na divisão ao lado. Esta secretária é uma herança física mas também espiritual, porque me lembra que há um trabalho que só se faz de "joelhos", no silêncio, sózinhos com Deus.

Thursday, September 25, 2014

de volta ao Outono e às rotinas

Entre consultas, tratar de papeladas em vários sítios, arrumações e reuniões, o tempo parece voar.
Estamos novamente a entrar nas rotinas. Sem as benditas rotinas não temos a segurança para avançar para o desconhecido .. (uau! anotem, que estas "pérolas" não me saem todos os dias..)

Este Outono está a começar com a preparação de um novo espaço estruturado e organizado para trabalhar com o G, depois da escola: pintura das paredes e tecto em andamento, secretária que era do meu avô e uma cadeira Stokke (preciosa) em 2ª mão. Agora falta encontrar um candeeiro em forma de globo terrestre e já está. Ahhh.. e o movelzito do IKEA para ir aparafusar. Remodelação que é remodelação tem sempre um pouco de IKEA.

Saturday, September 20, 2014

o arco-íris da minha janela..

O arco da esperança, ali está ele subtilmente a lembrar-me..

Saturday, September 6, 2014

Silvas e Fé..

Estou convicta de que a primeira infestante que apareceu no Jardim do Éden, foi uma silva. Tal e qual como na minha horta. Elas vêm de mansinho e vão se apoderando da água e nutrientes. E até dão umas amoras e têm um certo encanto, desde que (bem) longe da minha horta e das minhas culturas e do meu caminho. Há 2 semanas que me dedico a isto: corto-as e carrego-as, pico-me e despedaço-as.
E olhava para a minha horta e terreno infestado das ditas e pensava em como a fé funciona assim mesmo: Eu olho para o meu terreno na certeza que vai ficar limpo e bonito, com uma vedação bonita em madeira e quem sabe, talvez uns cipestres altos, embora tudo à minha volta (o lixo, as infestantes, o calor) me digam que isto está incontrolável.
A Fé é também assim, é activa, e trabalhamos nessa direcção porque queremos contribuir e fazer parte do processo, daquilo que Deus está a fazer, na certeza de que apesar da dor, do sofrimento, da poluição, das guerras, e da injustiça, o Mal não terá a última palavra!

Thursday, September 4, 2014

hobbies..



Há um ano atrás, chegavamos de férias e encontravamos no quarto um Castelo em construção, que foi sendo aprimorado, peça a peça ao longo do ano, para desespero meu, que nunca mais lhe via o fim. Este ano, chegámos e encontrámos um Castelo terminado, com um melro e umas coisas esquizitas.
É a obra-prima mais recente do meu daddy! Sempre a surpreender. Por dentro é ainda mais estranho, com uma parede para escalar (e eu a pensar que ia ficar com mais espaço para arrumação..) e mais coisas que o G utiliza, não para escalar, mas para simular elevadores e secadores de mãos. Love it!
Thank You, daddy. Love you!