Saturday, September 6, 2014

Silvas e Fé..

Estou convicta de que a primeira infestante que apareceu no Jardim do Éden, foi uma silva. Tal e qual como na minha horta. Elas vêm de mansinho e vão se apoderando da água e nutrientes. E até dão umas amoras e têm um certo encanto, desde que (bem) longe da minha horta e das minhas culturas e do meu caminho. Há 2 semanas que me dedico a isto: corto-as e carrego-as, pico-me e despedaço-as.
E olhava para a minha horta e terreno infestado das ditas e pensava em como a fé funciona assim mesmo: Eu olho para o meu terreno na certeza que vai ficar limpo e bonito, com uma vedação bonita em madeira e quem sabe, talvez uns cipestres altos, embora tudo à minha volta (o lixo, as infestantes, o calor) me digam que isto está incontrolável.
A Fé é também assim, é activa, e trabalhamos nessa direcção porque queremos contribuir e fazer parte do processo, daquilo que Deus está a fazer, na certeza de que apesar da dor, do sofrimento, da poluição, das guerras, e da injustiça, o Mal não terá a última palavra!

4 comments:

bitasjourney said...

tinha saudades das tuas "comparações" reflectidas! :) beijinho

by shana .. said...

ohhh, que querida, Bytes! Só mesmo tu para leres estes devaneios ;) bjnho

Ana Rute Cavaco said...

Amém!

sara f said...

amém.
Rute, tiraste-me as palavras da boca :)