Sunday, March 23, 2014

4 years and a half of The Sugar Cube I


Há anos que ando a projectar mentalmente as peça essenciais do quarto do G (que daqui a mais algum tempo será também do L).

Nunca gostei de mobiliário de criança, por diversas razões: o facto de ter normalmente uma relação qualidade / preço baixa, ser pouco versátil e de utilização temporária. Gosto duma decoração base neutra, com peças de madeira maciça e ferro, mesmo "à antiga", cujas cores e detalhes se possam actualizar ao longo dos anos.

Lá consegui desencantar esta cama, penso que de uma bisavó algarvia. A mesa de cabeceira foi adquirida no "Feirão" duma associação de beneficiência. Depois, faltava-me um candeeiro de mesa- umas folhinhas de papel vegetal pintadas pelo G, resolveram o assunto da reciclagem do abatjour.

Quando ontem lhe retirei o beliche (que nos tinha sido oferecido, mas desconfigurava o quarto por completo; a única vantagem que tinha era a cama ser junto ao chão e ter a possibilidade de dormir alguma visita na cama de cima), fiquei receosa.. a cama, desde há umas semanas que se transformara num barco a vapor.. mas, rápidamente a cama nova se transformou num submarino, fazendo as delícias dos 2 manos, que se escondem lá debaixo, como se algum deles fizesse a mais pequena ideia do que é um submarino!

Não sei  se foi pelo meu ar de entusiasmo desde sexta-feira a falar-lhe da cama e do candeeiro para a mesinha, o rapaz, esta noite está a dormir de luz acesa.. e sempre que a apago, alguns minutos mais tarde ela volta a reluzir..



4 comments:

Rute Carla said...

oh... <3

sara f said...

tiraste-me as palavras da boca, tu aí de cima :)
que lindeza!

by shana .. said...

ohh para vomecês tb! Ele anda todo contente; até já disse à Educadora que tem uma cama nova (mal sabe ele as dezenas de anos que ela já tem em cima!)

bitasjourney said...

oooh :) tão bonito!
aqui também ando em pensamentos de como "fazer" o quarto da Bé ;)